Santarém entre as 27 melhores do Brasil

O programa “Cadastrando Nossa Gente”, iniciativa da Prefeitura de Santarém, administrado pela Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social (SEMTRAS), está na final do 2º Prêmio de Práticas Inovadoras na Gestão do Programa Bolsa Família (PBF), iniciativa do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS).

Antes a experiência, juntamente com outras 443 de todo o Brasil, já havia sido selecionada para ser publicada no Observatório de Boas Práticas na Gestão do Programa Bolsa Família. Agora foram escolhidas apenas 27 práticas, dentre elas à desenvolvida em Santarém.

A premiação acontecerá nos dias 24 e 25 de novembro em Brasília, quando as iniciativas escolhidas pela Comissão Julgadora serão apresentadas ao público em um evento que contará com a presença do Presidente da República. No momento de premiação dessas 27 práticas, serão apontadas seis experiências municipais e quatro estaduais vencedoras do prêmio para participar de viagens ao México, Chile e Colômbia, onde vão conhecer experiências de transferência de renda.

A Prefeita Maria do Carmo e Secretária de Trabalho e Assistência Social, Ana Elvira Alho, irão a Brasília receber a premiação.

Para o processo de seleção, visando à premiação a nível nacional, o setor de Cadastro Único da SEMTRAS recebeu, no dia 31 de outubro, a visita de técnicos do Ministério do Desenvolvimento e Combate à Fome (MDS).

O Prêmio – A segunda edição do Prêmio Práticas Inovadoras na Gestão do Programa Bolsa Família é uma iniciativa que pretende identificar as melhores e as mais inovadoras práticas na gestão do PBF; valorizar e divulgar o trabalho dos dirigentes e equipes municipais e estaduais responsáveis por essas experiências; estimular a disseminação e o intercâmbio dessas práticas e contribuir para o aumento da eficiência e da eficácia do Programa.

Para a titular da Prefeita de Santarém, o prêmio é resultado da seriedade, da transparência e do compromisso com que o Governo Municipal trata o PBF. “Essa premiação é fruto de um planejamento que começou no início da gestão, em 2005. É um reconhecimento pela forma responsável e transparente com que administramos o programa em Santarém”. Para Ana Elvira, titular da Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social (SEMTRAS), é a coroação de um trabalho árduo, “mas que nos dá satisfação, pois conseguimos colocar alimento na mesa de muitas famílias santarenas. Incluímos no programa, de forma inédita, todas as famílias remanescentes de quilombos e abrangemos todas as comunidades de Santarém no programa, que até antes de 2005, era essencialmente urbano”, concluiu a Secretária.