Filiação ao PT

O PT está conduzindo uma campanha de filiação de novos militantes e de recadastramento de antigos filiados. Essa campanha tem três objetivos centrais: o estreitamento dos vínculos entre as estruturas partidárias de direção com os militantes filiados, a expansão da força organizada do partido para novos setores sociais e a legalização dos inscritos no partido que ainda não regularizaram sua situação junto ao TRE. A campanha está sendo orientada pelo princípio de que o fortalecimento e a expansão do PT não podem descaracterizá-lo quanto às suas regras de funcionamento, ao seu estatuto e ao seu programa. O que se procura evitar é um crescimento artificial do partido. As filiações devem ser precedidas de avaliação rigorosa quanto à compatibilidade política e de conduta pregressa dos novos filiados em relação aos valores e procedimentos defendidos pelo PT. No Pará, a campanha de filiação que está sendo promovida pelo Diretório Estadual, comandado por João Batista Barbosa, com envolvimento direto dos diretórios municipais, volta-se, especialmente, para o objetivo de consolidar a presença do PT nos movimentos sociais e para expandir sua presença em novos setores da sociedade. “O PT não pode esquecer de onde veio e porque veio”, justifica Batista. Um dos focos importantes dessa campanha é a juventude, pois o PT precisa passar por um processo de rejuvenecimento, trazendo para seu interior as inquietações e perspectivas das novas gerações e apostando no seu futuro. O cartaz postado aqui foi criado, a pedido do Diretório Estadual do PT do Pará, pela Vanguarda Propaganda com Direção de Criação de Chico Cavalcante e direção de arte de Phernando Silva.